Notícias | Dia a dia
Corretja diz que Djoko é incompreendido e o melhor
16/12/2021 às 10h51

Madri (Espanha) - Grande destaque da temporada, o sérvio Novak Djokovic colecionou conquistas dentro de quadra, empatou com Roger Federer e Rafael Nadal no número de títulos de Grand Slam e por muito pouco não os deixou para trás. Contudo, algumas posições do número 1 do mundo fora das quadra fazem com que sua figura seja ainda questionada apesar de todo seu sucesso.

Para o espanhol Alex Corretja, o sérvio de 34 anos construiu um legado que será lembrado porque provavelmente será o maior, mesmo que muitas pessoas não concordem com seus pensamentos. “Acho que Novak é um pouco mal interpretado o tempo todo. Não sei se é por causa do caráter. Quando está em quadra, ele às vezes faz coisas que as pessoas quase não entendem”, disse para o Eurosport.

“Roger é elegância, é tipo fofo. Tudo vem natural. Rafa é provavelmente o maior lutador de toda a história. Mas Novak é diferente, ele se dá a chance de ficar chateado, não pensa 'oh, eu não posso fazer barulho porque estou no meio de 25.000 pessoas e milhões assistindo na TV' e apenas deixa suas emoções saírem”, complementou Corretja.

O espanhol garante que é impossível ignorar a contribuição de Djokovic para o tênis, seja você fã dele ou não. “Ele merece todo o crédito porque, para mim, está apenas nos dando tanto, dentro e fora das quadras, que só posso agradecer o que faz para o nosso esporte. E o mesmo vale para Roger e Rafa”, finalizou o ex-número 2 do mundo.

Comentários