Notícias | Dia a dia | US Open
Jovem francesa elimina Rybakina ainda na estreia
30/08/2022 às 17h05

A francesa Clara Burel, de 21 anos e vinda do quali, surpreendeu a campeã de Wimbledon

Foto: USTA

Nova York (EUA) - A jovem francesa de 21 anos Clara Burel, 131ª do ranking e vinda do quali no US Open, conseguiu nesta terça-feira uma vitória bastante expressiva em Nova York. Vinda do qualificatório, ela superou a cazaque Elena Rybakina, 25ª do mundo e atual campeã de Wimbledon, marcando um duplo 6/4 em 1h31 de partida.

Burel vinha de uma vitória duríssima na rodada final do quali, salvando cinco match-points na partida contra a japonesa Misaki Doi. Ela também havia passado pela australiana Seone Mendez e pela holandesa Arianne Hartono. Ex-número 1 juvenil, a francesa tem como melhor ranking profissional o 74º lugar. Sua próxima rival virá do jogo entre Venus Williams e a belga Alison Van Uytvanck.

Já Rybakina teve apenas três vitórias desde a conquista de Wimbledon. Como a edição deste ano não contou pontos para o ranking, a cazaque de 23 anos não foi cabeça de chave nos torneios preparatórios para o US Open e acabou pegando chaves difíceis, como Daria Kasatkina na estreia em San Jose e Coco Gauff na segunda rodada de Toronto. Já em Cincinnati, também enfrentou logo cedo uma top 10, Garbiñe Muguruza, mas conseguiu chegar às quartas.

Durante a partida de primeira rodada, cada jogadora fez quatro aces e Rybakina teve ligeira vantagem nos winners, 19 a 17. Mas a cazaque cometeu 37 erros não-forçados contra 25 da francesa e teve mau aproveitamento nos break-points. Foram nove chances de quebra e apenas uma foi concretizada, enquanto Burel aproveitou todas as suas três oportunidades.

Burel escapou de seis break-points em seus dois primeiros games de serviço e foi a primeira a quebrar para fazer 4/2 no placar. Rybakina buscou o empate no oitavo game, mas voltaria a perder o saque na sequência, com três erros não-forçados no mesmo game. Burel fechou o primeiro set no saque e conseguiu quebrar na abertura da segunda parcial. Ela manteve a vantagem até o fim.

Badosa larga bem, Ostapenko cai na estreia
A número 4 do mundo Paula Badosa venceu um jogo duro contra a ucraniana Lesia Tsurenko por 3/6, 7/6 (7-4) e 6/3. A espanhola agora enfrenta a croata Petra Martic, que bateu a russa Varvara Gracheva por 6/4 e 7/6 (7-3). Já a letã Jelena Ostapenko, cabeça 16, foi superada pela chinesa Qinwen Zheng por 6/3, 3/6 e 6/4. Zheng agora desafia a russa Anastasia Potapova.

Comentários