Notícias | Dia a dia | US Open
Medvedev vence mais uma e encara jovem chinês
01/09/2022 às 01h26

Medvedev ainda não perdeu sets nas duas primeiras rodadas do US Open

Foto: Garrett Ellwood/USTA

Nova York (EUA) - Líder do ranking mundial e atual campeão do US Open, Daniil Medvedev venceu mais uma vez sem perder sets. Ele superou nesta quarta-feira o francês Arthur Rinderknech, 58º do ranking, por 6/2, 7/5 e 6/3 em 2h10 de partida.

Agora com 36 vitórias na temporada, Medvedev tem a liderança do ranking ameaçada por outros três jogadores no momento, Rafael Nadal, Carlos Alcaraz e Casper Ruud. O russo de 26 anos tem a missão de defender 2 mil pontos no ranking.

O próximo adversário de Medvedev em Nova York será o chinês Yibing Wu, jovem de 22 anos e 174º do ranking. Vindo do quali, Wu havia sido o primeiro jogador do país a conseguir uma vitória em Grand Slam na Era Aberta do tênis masculino. E nesta quarta-feira, venceu um duelo de cinco sets contra o português Nuno Borges por 6/7 (3-7), 7/6 (7-4), 4/6, 6/4 e 6/4.

Apesar de ter enfrentado três break-points em seu primeiro game de serviço, Medvedev abriu grande vantagem desde o começo. Com duas quebras seguidas, ele estabeleceu 4/0 no placar. O russo chegou a ter três set-points quando já liderava por 5/1, mas a parcial só seria definida no game seguinte.

O segundo set foi de amplo domínio para os sacadores e teve somente uma quebra. Medvedev cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço e venceu 89% dos pontos jogados com seus primeiro serviço. A quebra veio em um longo game do 5/5, em que o francês chegou a ter 40-0, mas o russo reagiu com uma sequência de winners com o backhand.

O terceiro set começou equilibrado, mas não demorou para que Medvedev ampliasse sua diferença no placar. Ele quebrou de zero no quinto game e fez 3/2. O número 1 do mundo seguiu sem ter o serviço ameaçado até o final do jogo. Ele chegou a ter quatro break-points quando vencia por 4/2, mas a nova e quebra viria apenas no último game da partida, para que ele confirmasse a vitória em sets diretos.

Comentários