Notícias | Dia a dia | US Open
Tie-breaks derrubam os vices Soares e Murray
02/09/2022 às 17h01

Nova York (EUA) - Faltou um pouco de sorte para os atuais vice-campeões do US Open. O mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray tinha favoritismo, mas pararam no inspirado dueto formado pelo monegasco Hugo Nys e o polonês Jan Zielinski, que venceram os dois desempates e finalizaram com o placar de 7/6 (7-2) e 7/6 (8-6).

Com a queda ainda na segunda rodada, Soares vai perder 1.110 pontos no ranking individual de duplas e sofrerá queda de 14 posições, terminando pelo menos no 47º posto após o US Open. Com isso, certamente ficará atrás dos também já eliminados Rafael Matos (36º no momento) e Marcelo Melo (44º).

Soares e Murray foram campeões em Flushing Meadows em 2016, mesma temporada que venceram o Australian Open, mas não conseguiram aproveitar qualquer das quatro chances de quebra que tiveram na partida, um no primeiro set e três no seguinte. Tiveram de evitar apenas um break-point e assim a definição foi nos tie-breaks. Jogaram mal o primeiro, com erros não forçados, e a falha decisiva aconteceu com um voleio de Murray na rede que deu o match-point aos adversários.

O único que segue vivo na chave de duplas masculinas é o gaúcho Marcelo Demoliner. Ele e o português João Sousa surpreenderam na estreia os cabeças 5 Marcel Granollers e Horacio Zeballos e jogam neste sábado contra os espanhóis Feliciano López e Jaume Munar.

Comentários