Notícias | Copa Davis
Austrália volta à final da Copa Davis após 19 anos
25/11/2022 às 19h01

O capitão Lleyton Hewitt mudou o time para o jogo decisivo e colocou Thompson na dupla

Foto: Davis Cup Finals

Málaga (Espanha) - Segunda maior campeã na história da Copa Davis, com 28 conquistas, a Austrália está de volta à final depois de 19 anos e busca seu primeiro título desde 2003. Os australianos se classificaram para a decisão depois de vencer a Croácia por 2 a 1 na semifinal desta sexta-feira. Após uma vitória para cada lado nas partidas de simples, a definição do confronto veio com vitória nas duplas, Max Purcell e Jordan Thompson venceram a forte parceria de Mate Pavic e Nikola Mektic por 6/7 (3-7), 7/5 e 6/4 em 2h14 de partida.

Instantes antes do jogo decisivo contras os croatas, o capitão australiano Lleyton Hewitt promoveu uma mudança na escalação e desfez a dupla campeã de Wimbledon. A princípio, Purcell jogaria ao lado de Matthew Ebden, que foi substituído por Thompson. A mudança foi arriscada por ser uma dupla inédita na temporada contra uma entrosada parceria croata que ganhou cinco títulos no ano e chegou à decisão do ATP Finals.

Os australianos agora esperam pela segunda semifinal que acontece neste sábado, às 9h (de Brasília), entre Itália e Canadá. Os canadenses buscam um título inédito e têm duas finais de Copa Davis na história, a primeira ainda em 1913 e a mais recente em 2019. Já os italianos têm apenas um título, conquistado em 1973.

O primeiro set da partida de duplas foi inteiramente sem quebras e com apenas um break-point, salvo pela dupla australiana quando o placar estava empatado por 4/4. Os croatas foram dominantes durante o tiebreak e venceram a parcial. No segundo set, Thompson e Purcell sacaram muito bem e não enfrentaram break-points, além de conseguirem uma quebra já na reta final.

O bom desempenho da dupla australiana no saque continuou no terceiro set e eles cederam apenas quatro pontos nos games de serviço. Novamente a parcial teve apenas uma quebra, conquistada depois de uma excelente devolução de Thompson com o backhand na paralela. A segurança dos australianos no saque rendeu a classificação para a final.

Coric e De Minaur venceram as partidas de simples
O confronto desta sexta-feira começou com uma vitória croata, já que Borna Coric passou por Thanasi Kokkinakis com parciais de 6/4 e 6/3. Mas sequência, Alex de Minaur conseguiu uma vitória expressiva diante de Marin Cilic. Ele precisou de apenas 44 minutos para marcar um duplo 6/2.

Comentários