Notícias | Copa Davis
Aliassime: 'Grande momento para mim e para o país'
27/11/2022 às 19h05

Málaga (Espanha) - Responsável pela vitória que deu o primeiro título de Copa Davis para o Canadá, batendo o australiano Alex de Minaur no segundo jogo da final deste domingo, o atual número 6 do mundo Felix Auger-Aliassime não escondia a felicidade com o feito alcançado, comemorando demais a conquista de seu time.

“As emoções são difíceis de descrever. Denis e eu crescemos juntos, sonhando com esse tipo de competição, sonhando em ganhar a Copa Davis. É um grande momento para mim e para o país”, afirmou Aliassime, que além da taça da Davis, faturou em 2022 outros quatro títulos, seus primeiros em nível ATP, e terminou a temporada com o melhor ranking da carreira.

Shapovalov também estava bastante emocionado. “Desde quando éramos juvenis, vendo Vasek (Pospisil), Milos Raonic e Daniel Nestor jogarem a Copa Davis, queríamos fazer o mesmo, e talvez até ganhá-la um dia. Foi difícil perder em 2019, foi um sentimento de vazio e queríamos muito desta vez”, disse o número 2 canadense.

Mais experiente da equipe, o duplista Vasek Pospisil seguiu no mesmo caminho emotivo e festejou bastante a conquista. “Sonhamos com isso há vários anos. Estar aqui como campeão me deixa sem palavras. Esses caras não são mais crianças e estão arrasando”, falou o canadense de 32 anos, destacando Shapovalov e Aliassime.

“Não se pode vencer este evento sem uma tremenda química de equipe, avançando como uma unidade, e todos esses caras representam exatamente isso”, complementou Pospisil, que nem precisou jogar na final, uma vez que a definição veio já com as duas vitórias em simples.

Comentários