Notícias | Dia a dia
Venus revela lesão no tendão da coxa: 'Não podia andar'
03/02/2023 às 22h03

Venus chegou a disputar duas partidas em Auckland, mas ficou fora do Australian Open

Foto: Arquivo

Palm Beach Gardens (EUA) - De volta aos Estados Unidos depois de ficar fora do Australian Open, Venus Williams falou sobre a lesão sofrida no tendão da coxa que a tirou do primeiro Grand Slam da temporada. A ex-número 1 do mundo havia disputado o WTA de Auckland na primeira semana do ano e se machucou na partida contra a chinesa Lin Zhu pelas oitavas de final.

"Tive um bom início de ano, ganhei uma partida, estava jogando bem. Estava super feliz até sofrer essa lesão", disse Venus, em vídeo divulgado no seu canal no YouTube. "Não joguei muito nos últimos anos, então cada vez que eu entro em quadra é muito especial. Sei que eu consigo jogar, mas o alto nível não é fácil".

"No ano passado, eu joguei apenas quatro torneios. Eu estava com um pouco de pressa para voltar logo a jogar, mas depois decidi tirar mais um tempo para trabalhar mais no meu jogo e passei quatro meses só treinando", comenta a vencedora de sete títulos de Grand Slam.

Venus revelou algumas dificuldades que teve na semana em Auckland. Primeiro com a perda de sua bagagem e das raquetes, e depois com a chuva e as mudanças nas condições do torneio.

"Eu estava muito animada e pronta para jogar o Australian Open, mas antes tinha o torneio da Nova Zelândia e tenho ótimas memórias de lá. Já fui campeã uma vez, e a Serena também. Mas cheguei lá e não tinha malas e nem raquetes. Isso me decepcionou muito. Não tinha como treinar. Tive que procurar uma raquete similar à minha e colocar peso, porque o peso das minhas é personalizado. Só depois de três dias, eu recebi as minhas malas".

"Meu jogo das oitavas foi em uma das circunstâncias mais loucas que eu já atuei na minha longa carreira. Foram 7h ou 8h entre o início e o fim da partida. Estava sol, começou a chover, e fomos para uma quadra coberta, com pouca luz, em condições totalmente diferentes".

"No terceiro set eu consegui machucar minha perna. Eu estava correndo muito e senti uma fisgada. Lembro que o meu técnico e fisioterapeuta me falaram para pedir atendimento, mas já lesionei o tendão antes e sei que não há nada que eu possa fazer. Entrei em pânico pelo resto do jogo, em alguns pontos eu poderia fazer winners, mas tentava me livrar da bola".

A jogadora de 42 anos conta que o desconforto causado pela lesão afetava até mesmo as atividades cotidianas, como por exemplo, andar. "Nunca é um bom sinal quando você continua com dor enquanto está descansando. Eu não conseguia andar mais. E no dia seguinte, fiz um exame, e eu tenho alguns rompimentos no tendão da coxa. Sabia que seria uma lesão ruim. Por isso eu tive que me retirar do Australian Open"

"Conversei meus médicos para saber quanto tempo vai demorar para eu voltar. Mas você precisa primeiro voltar a andar para depois voltar a correr. Já estou andando bem, mas por enquanto eu não vou jogar tênis. Preciso recuperar a confiança no meu corpo".

Comentários