Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Vitória de Jabeur mantém Iga como número 1
13/07/2023 às 14h15

Jabeur superou Sabalenka e impediu que a rival chegasse ao topo do ranking

Foto: Jimmie48/WTA

Londres (Inglaterra) - A vitória de Ons Jabeur sobre Aryna Sabalenka na semifinal de Wimbledon também ajudou Iga Swiatek a se manter na liderança do ranking da WTA. A polonesa poderia ser ultrapassada por Sabalenka se a bielorrussa fosse finalista da competição.

Número 1 do mundo desde abril do ano passado, Swiatek já acumula 67 semanas no topo do ranking. A polonesa de 22 anos é a 11ª mulher com mais tempo na liderança. Ela também deve passar as 71 semanas de Caroline Wozniacki como número 1. Wozniacki voltará ao circuito durante a preparação para o US Open. A dinamarquesa de 33 anos parou de jogar em 2020.

Em agosto, Swiatek defende apenas 210 pontos, já que caiu nas oitavas nos WTA 1000 do Canadá e de Cincinnati do ano passado. Mas em setembro, a polonesa terá 2 mil pontos a defender do título do último US Open. Sabalenka foi semifinalista do Grand Slam nova-iorquino.

Finalista de Wimbledon pelo segundo ano seguido, embora a edição passada não tenha distribuído pontos no ranking, Jabeur está permanecendo no sexto lugar do ranking. Se for campeã, a tunisiana voltará à terceira posição, uma abaixo da melhor marca de sua carreira.

A tcheca Marketa Vondrousova, adversária de Jabeur na final do próximo sábado, também está saltando no ranking. A canhota de 24 anos iniciou Wimbledon como 42ª do ranking e está voltando ao top 20. Em caso de título, ela entrará no top 10 pela primeira vez na carreira.

Comentários