Notícias | Dia a dia | US Open
Jabeur consegue vitória dramática, Pegula segue firme
01/09/2023 às 00h39

Jabeur precisou de três sets e sofreu bastante com a umidade

Foto: Pete Staples/USTA

Nova York (EUA) - A caminhada de Ons Jabeur segue com vitórias muito exigentes. Depois de ter vencido a colombiana Camila Osorio em dois sets apertados na estreia, quando relatou ter sofrido até mesmo dificuldades para respirar, a tunisiana venceu mais um jogo duro. Ela precisou de três sets e 2h09 para vencer a tcheca de 18 anos e 41ª do ranking Linda Noskova por 7/6 (9-7), 4/6 e 6/3.

Número 5 do mundo, Jabeur foi finalista na edição passada do US Open e ainda luta por seu primeiro título de Grand Slam. A jogadora que completou 29 anos na última segunda-feira tem outros dois vice-campeonatos na grama de Wimbledon. Ela enfrenta na próxima rodada a tcheca Marie Bouzkova, 31ª do ranking, que bateu a croata Petra Martic por 6/1 e 6/2.

Durante a difícil partida desta quinta-feira à noite, Jabeur esteve por duas vezes a um game de perder o primeiro set, quando Noskova liderava por 5/4 e 6/5. A tunisiana confirmou os serviços e venceu a parcial no tiebreak. No segundo set, entretanto, Noskova dominou e abriu 5/1 antes de igualar a partida.

Jabeur também sofreu muito com a umidade e ainda sofreu uma queda em quadra no fim do segundo set. Para dar mais estabilidade aos movimentos, passou a jogar com duas meias no fim do jogo e conseguiu duas novas quebras no último set. Mas foram necessários quatro match-points para confirmar a vitória.

Kasatkina consegue virada contra Kenin

Outra top 15 a avançar com dificuldade foi Daria Kasatkina, 14ª colocada, que enfrentou a norte-americana Sofia Kenin, ex-top 5 e atual 101ª do ranking. Diante da jogadora da casa e campeã do Australian Open de 2020, a russa começou atrás no placar, mas venceu por 2/6, 6/4 e 6/4 após 2h20 de disputa. Kasatkina enfrenta a belga Greet Minnen, 97ª do ranking, que venceu e a norte-americana vinda do quali Sachia Vickery por 6/3, 4/6 e 6/4.

Pegula vai enfrentar Svitolina na terceira fase
Já a número 3 do mundo Jessica Pegula conseguiu uma vitória bastante tranquila. Ela precisou de 1h11 para vencer a romena Patricia Maria Tig por 6/3 e 6/1. Aos 29 anos, Pegula ainda persegue uma inédita semifinal de Grand Slam, depois de ter parado nas quartas em todos os torneios deste porte. Ela agora enfrenta a ucraniana Elina Svitolina, 26ª do ranking. A norte-americana lidera o histórico por 3 a 1, com uma recnete vitória em Washington.

Por sua vez, Tig é uma das dez jogadoras da chave que já são mães e disputou o US Open com ranking protegido de número 65, embora apareça atualmente na 700ª posição. Ela avançou uma rodada no US Open, depois de ter superado a canadense Rebecca Marino em dois tiebreaks.

Comentários