Notícias | Dia a dia
Com prêmio recorde, finais da BJK Cup começam terça
06/11/2023 às 18h21

Suíça é a atual campeã da Billie Jean King Cup e estreia nesta terça contra a forte equipe tcheca

Foto: ITF

Sevilha (Espanha) - A fase final da Billie Jean King Cup começa nesta terça-feira em Sevilha, na Espanha. A competição oferecerá premiação recorde e equivalente ao valor distribuído nas rodadas finais da Copa Davis. Ao todo serão 12 países divididos em quatro grupos, até a definição das campeãs no próximo domingo.

O prêmio a ser distribuído entre jogadoras durante toda a semana é US$ 9,6 milhões, com US$ 2,4 milhões para a equipe campeã. Quem ficar com o vice recebe US$ 1,44 milhão. As equipes semifinalistas ganham US$ 960 mil, enquanto os demais times ganham US$ 480 mil.

Austrália estreia contra Eslovênia às 6h

A rodada desta terça-feira terá dois confrontos. Logo às 6h (de Brasília), a Austrália enfrenta a Eslovênia pelo Grupo B. O time australiano tem Kimberly Birrell, Storm Hunter, Daria Saville, Ellen Perez e Ajla Tomljanovic. Já as eslovenas terão Tamara Zidansek, Kaja Juvan, Veronika Erjavec, Nina Potocnik e Ela Nala Milic. No mesmo grupo está o Cazaquistão.

Capitã da equipe australiana, Alicia Molik deixará o cargo no final desta semana: "Isso pode parecer estranho, mas abordamos a semana como sempre fazemos. Temos sido como todos os outros times da Billie Jean King Cup em que estive envolvida. Nosso foco, em primeiro lugar, é amanhã contra a Eslovênia. Mas, para o futuro, estou entusiasmada por ter uma a oportunidade de deixar a equipe em uma ótima posição. Dez anos é bastante tempo, do qual estou muito orgulhosa".

Tchecas e suíças duelam a partir do meio-dia
Já a partir do meio-dia, será a vez da estreia das atuais campeã. A Suíça inicia a defesa do título diante da forte equipe tcheca. Os times estão no Grupo A, que ainda conta com os Estados Unidos. E só o primeiro de cada chave avança à semifinal.

Capitão suíço, Heinz Guenthardt tem na equipe Belinda Bencic, Viktorija Golubic, Celine Naef, Jil Teichmann e Simona Waltert. "Quando inicialmente dissemos que estávamos competindo para ganhar o título, algumas pessoas acharam que isso poderia ser um pouco ambicioso demais. Provámos a nós próprios e a todos que não. Esse é o único objetivo que você pode ter ao competir no torneio. Estamos aqui tentando defender este título e somos capazes de fazê-lo", disse Guenthardt.

Já as tchecas apostam na campeã de Wimbledon, Marketa Vondrousova, para a abertura do confronto. O time já conta com Marie Bouzkova e a jovem de 18 anos Linda Noskova, além da parceria de Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, que disputou o Finals no México e está a caminho da Espanha para os Jogos.

"Temos muitas jogadoras e ótimas e sinto que todas nós podemos entrar em quadra, não dependemos de apenas uma pessoa", disse Vondrousova, de 24 anos. “Nós podemos administrar. O tênis tcheco agora é ótimo, as meninas são incríveis. Para nós, que somos de um país pequeno, é incrível de ver".

Comentários